Ataques no RN: Criminosos expulsam moradores e incendeiam três casas em Natal

  • 18/03/2023
(Foto: Reprodução)
Caso aconteceu na madrugada deste sábado (18) no bairro Igapó. Rio Grande do Norte chega a quinto dia de ataques criminosos. Casa incendiada por criminosos na Zona Norte de Natal Pedro Trindade/Inter TV Cabugi Criminosos com armas em punho expulsaram moradores e incendiaram três casas no bairro Igapó, Zona Norte de Natal, na madrugada deste sábado (18), quinto dia de ataques criminosos registrados no Rio Grande do Norte. Segundo os moradores, quatro criminosos encapuzados e com coletes a prova de balas chegaram à Travessa Marcílio Dias por volta de 0h30 e expulsaram nove moradores das três casas, todos da mesma família. Uma idosa de 77 anos foi tirada da cama com uma arma apontada para a cabeça. Criminosos incedeiam casas na Zona Norte de Natal Pedro Trindade/Inter TV Cabugi Um vizinho que tentou ajudar as vítimas a apagar o fogo acabou desmaiando por ter inalado fumaça e foi hospitalizado. "Eles arrombaram o portão da frente e saíram arrombando as portas das outras casas, que ficam em um terreno só. Foi com muita violência, ameaçando todo tempo, botando todo mundo para fora e colocando fogo em todo canto, gasolina em todo canto. A gente perdeu tudo. O que eu e mais duas irmãs minhas temos agora é a roupa que estamos vestindo", afirmou uma moradora, que pediu para não ser identificada. Um boletim de ocorrência foi registrado na Polícia Civil. Vídeo mosta fumaça em casas incendiadas em Natal durante a madrugada "A gente fica com muito medo, porque não sabe quem são essas pessoas. Minha mãe tem problema do coração, uma senhora de 77 anos, ser tirada da cama dela. Chutaram a porta do quarto, tiraram ela com uma arma na cabeça. A gente achava que estava seguro dentro de casa, mesmo assim fizeram isso", relatou. Moradores da região realizam uma campanha para arrecadar dinheiro, roupas e móveis para as vítimas. Casa destruída por incêndio criminoso na Zona Norte de Natal Pedro Trindade/Inter TV Cabugi Policial Penal assassinado Um policial penal do Rio Grande do Norte foi morto a tiros em um atentado realizado por criminosos na noite de sexta-feira (17) em São Gonçalo do Amarante, na Grande Natal. Carlos Eduardo Nazário, de 49 anos, foi socorrido e levado em uma viatura da Polícia Militar para o Hospital Santa Catarina, na Zona Norte de Natal, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. O governo ainda não divulgou um balanço com o número de mortos desde o início dos atentados no Rio Grande do Norte. No entanto, a polícia civil confirmou que o assassinato de um comerciante na noite de terça-feira (14), na Zona Oeste de Natal, tem relação com os ataques. Um suspeito foi preso. Na terça-feira (14), um suspeito morreu em confronto com policiais. Outro também morreu em troca de tiros com a polícia nesta sexta-feira (17), durante cumprimento de mandados em uma operação contra integrantes da facção criminosa apontada como responsável pelos ataques. Segundo a Secretaria de Segurança Pública do Rio Grande do Norte, 104 pessoas foram presas até às 6h deste sábado (18). 29 armas de fogo, 87 artefatos explosivos e 23 galões de galões de gasolina também foram apreendidos desde a terça (14). Tiroteios Pelo menos dois tiroteios entre policiais e criminosos foram registrados na noite de sexta-feira (17). Um deles aconteceu na Ponte Newton Navarro, que liga a Zona Norte de Natal às demais regiões administrativas da cidade. O outro confronto ocorreu no bairro Mãe Luiza. Segundo a polícia, militares foram ao local prender um homem com seis mandados de prisão aberto, após receberem informações sobre a localização dele. Durante a prisão, suspeitos jogaram pedras e pelo menos um atirou contra a polícia, que revidou aos tiros. Não há informação sobre feridos em ambos os casos. A Polícia Militar também confirmou que houve disparo de armas de fogo após um ataque com um princípio de incêndio criminoso em uma oficina no bairro Dix-Sept Rosado, na Zona Oeste da capital potiguar. O caso aconteceu por volta das 22h30. Bombeiros apagaram as chamas e policiais trocaram tiros com suspeitos durante as buscas em um terreno próximo, de onde os autores do ataque teriam jogado um coquetel molotov. Ninguém foi preso. Segundo a Polícia Militar, dois suspeitos foram após incendiarem um antigo depósito com materiais inflamáveis na prefeitura de Ceará-Mirim, na Grande Natal, na noite de sexta-feira (17). Uma arma de fogo também foi apreendida na ação. Os suspeitos foram encaminhados para Delegacia de Plantão da Polícia Civil. Ataques Reforço na segurança Nesta sexta-feira (17), o secretário nacional de Segurança Pública, Tadeu Alencar, chegou a Natal e informou que o estado recebeu o reforço de 300 agentes de segurança, e mais 200 policiais rodoviários federais devem ser integrados. O estado também recebeu 32 policiais militares do Ceará, e vai receber outros 30 da Paraíba, que vão atuar no combate aos ataques criminosos que já atingiram pelo menos 45 cidades potiguares. Também na sexta-feira (17), o governo do Pará anunciou o envio de 60 militares das tropas especializadas da Polícia Militar ao Rio Grande do Norte, para reforço da segurança no estado. Veja os vídeos mais assistidos no g1 RN

FONTE: https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia/2023/03/18/criminosos-expulsam-moradores-e-incendeiam-tres-casas-em-natal.ghtml


#Compartilhe

Aplicativos


Locutor no Ar

Anunciantes